Peixes e Frutos do Mar

Peixe com vinagrete de banana

023

Ahhh eu adoro a combinação banana e peixe, e nesses dias quentes com cara de verão, os pratos refrescantes ficam cada dia mais presentes no cardápio. Então que tal fazer um delicioso lombo ou filé de peixe e finalizar com um vinagrete com pedaços de banana da terra frita só pra dar um sabor diferente? Para acompanhar fiz arroz branco, e uma boa taça de Sauvignon Blanc. Vamos lá?

Ingredientes (o vinagrete serve de 2 a 3 porções)

  • 2 lombos de peixe (usei dourado)
  • 1/4 de cebola roxa picadinha
  • 1 colher de sopa de pimentão amarelo picadinho
  • 1 tomate maduro picadinho sem sementes
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 1 colher de sopa de azeite para o vinagrete
  • 1 banana da terra pequena
  •  1 colher de sopa de azeite para a banana
  • coentro a gosto
  • sal e pimenta a gosto
  • azeite para grelhar o peixe

Modo de Preparo

Em uma tigela prepare o vinagrete: misture o tomate, os pimentões, a cebola, o azeite, o suco de limão, uma pitada de sal e pimenta, leve a mistura à geladeira para descansar por 30 min.

Descasque e corte a banana em 3 fatias, grelhe sem tostar muito em uma frigideira anti aderente com um fio de azeite. Depois de “frita” pique-a em cubinhos. Reserve.

Tempere o lombo do peixe com sal e pimenta e grelhe em uma frigideira anti aderente bem aquecida com um pouco de azeite.

Pegue o vinagrete, prove o tempero, se precisa de sal, pimenta, misture a banana picadinha, o coentro e sirva sobre o peixe grelhado.

Bom Apetite!

Com a tag , , | Deixar um comentário
Sopas e Caldos

Sopa de Letrinhas

017

Em homenagem ao Dia das Crianças fiz uma sopa de letrinhas, que eu particularmente acho uma graça e me lembra infância – comer procurando as letras do nome, inventar palavras, tudo tão lúdico… a gente às vezes sente saudade disso.

Fiz do jeito mais básico: uma sopinha de cenoura e macarrão de letrinhas, se seu pequeno aceita verdinhos e pedaços de legumes, parabéns, isso mesmo, continue estimulando, incentivando, dando o exemplo!

Vamos lá?

Ingredientes (serve 2 porções)

  • 1 cenoura média
  • 1 dente de alho
  • 1 1/2 xícara de água
  • 1 xícara de caldo de frango caseiro
  • 2 colheres de sopa de macarrão de letrinha
  • sal a gosto

Modo de Preparo

Cozinhe a cenoura cortada em cubos com a 1/12 xícara de água e o dente de alho descascado porém inteiro. Depois de cozida bata tudo no liquidificador, como vai ficar grossa e queremos ela bem líquida para cozinhar o macarrão, acrescente então o caldo de frango. Coloque essa sopa rala numa panela, e quando começar a ferver coloque o macarrão, deixe cozinhar, coloque o sal a gosto e aí é só servir.

Bom Apetite pequenos gourmets!

 

 

Com a tag , , | Deixar um comentário
Carnes e Aves

Isca suína com batata doce

051

Olha a lindeza dessa delícia de petisco! Mas pode ser um prato também, só que aqui eu fiz pra acompanhar uns cervejas especiais (mais nova/antiga paixão) e foi um sucesso!

Carne de porco macia, suculenta, bem temperada em equilíbrio com o sabor da batata doce: tudo de bom e fácil de fazer (fácil mesmo!!!!). Vamos lá?

Ingredientes (serve 2 pessoas)

  • 1 batata doce pequena descascada e cortada em cubos pequenos
  • 100g de copa lombo suíno cortado em iscas
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • 1/2 cebola roxa cortada em tiras
  • 2 colheres de sopa de molho shoyo
  • 1/3 de pimentão laranja (ou amarelo) em cubos médios
  • 1/3 de pimentão roxo (ou vermelho) em cubos médios

Modo de Preparo

Comece cozinhando a batata doce, mas cuidado pra não cozinhar muito deixar firme para misturar com a carne. Cozinhe, escorra a água e reserve.

Em uma panela/frigideira, coloque o azeite, deixe aquecer e coloque as iscas de carne. Tempere com sal e pimenta e deixe grelhar. Acrescente o alho, cebola e shoyo, refogue mais um pouco, então coloque os pimentões e misture os cubos de batata doce, envolva bem com os outros ingredientes e  aí você vai ver ela com uma cor linda. Pronto! Só servir!

Bom Apetite!

Com a tag , , | Deixar um comentário
Acompanhamentos

Farofa de Jiló

054

Quem quer uma farofa diferente? Fiz essa farofinha de jiló para acompanhar um churrasco, e ficou uma delícia! Muita gente torce o nariz para o jiló, acho que mais por mito do que por opinião própria, já que muita gente nem prova o dito! Acho que essa farofinha pode ser um bom começo. Vamos lá??

Ingredientes (serve 4 pessoas)

  • 5 jilós verdes
  • 1/2 cebola picadinha
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 2 ovos
  • 3/4 de xícara de farinha de mandioca
  • cebolinha verde a gosto
  • sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo

Corte os jilós ao meio e deixe de molho em água com sal, ajuda a tirar um pouco do amargo.

Em uma panela coloque o azeite e as cebolas e o alho para dourarem. Acrescente os jilós picados em cubinhos. Refogue bem, tempere com sal e pimenta, coloque a manteiga e acrescente os ovos. Misture tudo fazendo aquele mexido, coloque a farinha incorporando bem todos os ingredientes. Finalize com a cebolinha verde.

Bom Apetite!

Com a tag , | Deixar um comentário
Saladas

Quiabo Vinagrete

019

Eu curto um quiabo, e a prova disso são algumas receitas que já apareceram aqui no blog, como a Quiabada de Camarão, Omelete de Quiabo, Farofa de Quiabo… gente, vamos acabar com preconceito!!! Fiz essa saladinha pra acompanhar arroz branquinho e uma carne de porco (alcatra suína) assada, combinação perfeita né? Vamos lá ?

Ingredientes (serve 3 a 4 pessoas)

  • 15 unid de quiabo
  • 1 colher de sopa de vinagre branco
  • 1/3 de pimentão amarelo picadinho
  • 1/3 de pimentão vermelho picadinho
  • 8 unid de tomate cereja cortados ao meio
  • 1 colher de sopa de salsinha picada
  • 1 colher de sopa de azeite
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • sal e pimenta a gosto

 

Modo de Preparo

Comece pelos quiabos, corte as pontas e depois corte os quiabos em 3 ou 4 partes, assim vai ficar bom. Em uma panela coloque água para aquecer, quando abrir fervura coloque uma colher de vinagre branco e os quiabos cortados. Cozinhe por cerca de 4 min, ou até que estejam cozidos mas al dente. Escorra-os em uma peneira, despeje água fria e reserve. Pique o restante dos ingredientes e misture tudo, simples assim. Sirva gelado ou morno.

Bom Apetite!

 

Com a tag , | Deixar um comentário
Arroz e Risotos

Risoto de camarão, cenoura e mascarpone

015

No mundo dos risotos o céu é o limite! E foi assim, juntando o tinha na geladeira que eu fiz esse risotinho para um almoço de domingo. A cenoura ralada bem fininha foi desmanchando e deixando uma cor linda! O queijo mascarpone deu um toque muito cremoso e interessante no risoto!!! Vamos lá??

Ingredientes

  • 1 xícara de arroz arbóreo
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 dente de alho picadinho
  • 1/2 cebola picadinha
  • 1/2 xícara de vinho branco
  • 1 cenoura ralada fininha
  • 200g de camarão médio cozido (aquele congelado que já é cozido, sabe?)
  • caldo de legumes ou camarão quanto baste
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 colher de sopa de queijo mascarpone (colher de mãe)
  • coentro fresco picado a gosto

Modo de Preparo

Em uma panela coloque o azeite, a cebola e refogue, quando estiver transparente acrescente o alho, o arroz e a cenoura, mexa e então adicione o vinho branco, misture e deixe que evapore. A cenoura entra logo no início porque queremos que ela fique desmanchando. Começa então colocar o caldo de legumes ou camarão aquecido, concha a concha, mexendo sempre. Lá pela sexta concha coloque o camarão, os temperos. Quando o arroz estiver no ponto, desligue o fogo, adicione o queijo e o coentro, sirva a seguir.

Bom Apetite!

Com a tag , | Deixar um comentário
Como fazer?

Farinha de Rosca Temperada

129

Sumi, mas não desapareci! É que o meu “filho”, o Ateliê Bendita Panela, anda tomando muito meu tempo, mas achei um tempinho pra fazer uma coisinha diferente, uma farinha de “rosca” (de pão) temperada, e isso vai deixar seu empanado muito, mas muitooooo melhor! Você pode brincar com os temperos, aqui dou só uma sugestão. Vamos lá?

Ingredientes

  • 2 pães francês dormidos (aqueles duros, de uns 4 dias)
  • 1 colher de chá de páprica picante
  • 1 colher de chá de tomilho seco
  • 1 colher de chá de alecrim seco

Modo de Fazer

Bata os pães no processador para virarem farinha. Quando estiver quase fina a farinha, adicione os outros ingredientes e processe bem, até ficar um farinha realmente.

Guarde em um pote bem fechado. Se usar ervas frescas, a farinha deve ser usada no mesmo dia, se guardar pode mofar.

Use e abuse do tempero da sua farinha!

Bom Apetite!

Com a tag , , | Deixar um comentário
Saladas

Salada de Manga com Chia

014

Essa salada ficou linnnnndaaaa! E é super simples! Algumas folhas verdes, gosto de usar agrião ou rúcula para dar contraste com o doce da manga, para fechar: um pouco de chia que vai dar um aspecto lindo e deixar sua salada mais saudável! Você vai arrasar com essa salada. Vamos lá ?

Ingredientes (para 1 porção)

  • 1/2 manga Tomy ou Palmer cortada em cubos médios
  • 3 folhas de alface crespa
  • 1/4 de molho de agrião
  • 1 colher de café de chia

Montagem

No prato espalhe as folhas de alface e agrião devidamente lavadas e higienizadas. Coloque os cubos de manga e finalize com a chia. Tempere com sal, pimenta  azeite!

Bom Apetite!

Com a tag , | Deixar um comentário
Dicas de Viagem

Paneleiras de Goiabeiras – ES

491

Deixo aqui uma dica de passeio para quem for a Vitória-ES, mas não é programa só de turista, cozinheiros que querem entender melhor sobre um dos utensílios mais emblemáticos da culinária brasileira também precisam fazer essa visita. Entenda melhor quem são as paneleiras de Goiabeiras e como é feita a panela de barro capixaba!

As paneleiras de Goiabeiras são responsáveis por manter viva a cultura da tradicional panela de barro, onde os capixabas preparam deliciosas moquecas e outra receita igualmente tradicional: torta capixaba.

Há alguns anos a Associação das Paneleiras de Goiabeiras ganharam um novo galpão para trabalhar e expor suas peças, esse lugar merece uma visita: ali você verá todo o processo de produção da panela (que explico mais abaixo) e com certeza você não sairá de lá sem uma legítima panela de barro! O acesso é fácil e está muito bem sinalizado (achei isso ótimo).

Entenda como é feita a panela de barro:

Extração de Argila: a argila, matéria-prima da fabricação da panela é um de um tipo especial, só encontrada no Vale do Mulembá, em Vitória. Depois de extraída é levada para Goiabeiras.

Modelagem: as artesãs (paneleiras) preparam a “massa” argilosa com argila e água, e então fazem toda a modelagem à mão, e se necessário com ajuda de um pedaço de casca de coco, lá no galpão você pode acompanhar esse processo.

Secagem: Depois de modelada a panela vai secar à sombra por alguns dias, depois de secas ainda são polidas.

Queima: A queima das panelas é realizada ao lado do galpão, à beira do mangue, os artesão preparam uma grande fogueira com pedaços de madeira diversos e ali são depositadas as panelas, vou te falar, acompanhei esse processo lá e é muito calor…

Açoite: Agora a panela recebe uma tintura à base de tanino extraído da casca da árvore do mangue. O artesão vai aplicando com uma espécie de “vassourrinha” feita com arbusto o tanino, literalmente açoitando a panela ainda quente. Assim as panelas vão ficar com aquela cor escura e brilhante depois de secas. Acompanhei esse processo bem de perto, e o tanino que voava do açoite atingiu minha roupa que ficou manchada…

492

O trabalho dos artesãos é árduo e precisa ser valorizado para que a tradição das panelas não se acabe. A visita é um excelente passeio e não toma muito tempo, quando for a Vitória vá prestigiar.

Bom passeio! Moqueca só capixaba, o resto é peixada!

Com a tag , , | Deixar um comentário
Sopas e Caldos

Sopa de Baroa com brócolis

027

Para aquecer os dias frios as sopinhas, caldinhos e sopas cremes são bem vindas. Essa aqui não tem segredo, apenas usei o brócolis para dar um toque diferente, ele não muito cozido, picado na faca, dá um crocante no creme, e isso ficou bem interessante. Não usei nenhuma carne, mas confesso que um bacon iria super bem! Vamos lá?

Ingredientes (serve 2 porções pequenas)

  • 250g de mandioquinha (batata baroa)
  • 1 dente de alho pequeno
  • 2 colheres de sopa de creme de leite
  • 1 colher de sopa (bem cheia) de parmesão ralado (dos bons, viu)
  • 3/4 xícara de “buques” de brocolis cozidos al dente
  • sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo

Em uma panela, com água suficiente, cozinhe a baroa com o dente de alho na água, põe o alho inteiro mesmo (sem casca, né).

Depois de cozido, bata no liquidificador a baroa com a água do cozimento e o alho também, ali mesmo no liquidificador coloque sal (cuidado porque ainda tem o parmesão), pimenta, parmesão e o creme de leite. Volte pra panela para aquecer caso necessário.

Pique o brócolis em pedaços bem pequenos, fazendo quase uma “farofa” de brócolis.

Montagem: coloque primeiro a sopa e por cima a “farofa” de brócolis, e o bacon, se quiser!

Bom Apetite!

 

Com a tag , , | Deixar um comentário